O secretário municipal de Cultura e Turismo, Érico Mendonça, em reunião com o Conselho Baiano de Turismo (CBTur), apresentou ações relacionadas à área e discutiu os pleitos do segmento. Durante o encontro, o secretário apresentou algumas ações que estão em andamento para a melhoria do turismo de Salvador, como a contratação em andamento com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), na ordem de US$ 105 milhões. O contrato prevê, entre outras ações, a implantação do Museu da Música Brasileira, a urbanização da Orla no trecho Itapuã até Ipitanga, além da revitalização do Centro Antigo e capacitação de servidores.

“Salvador é o primeiro município a integrar o Prodetur. Até então, apenas os estados conseguiam este tipo de financiamento direto”, enfatizou Mendonça. Outro ponto ressaltado por ele foi o envolvimento dos diversos órgãos do município em prol da melhoria da cidade. A presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, também participou do evento e apresentou o projeto de revitalização de toda a Orla de Salvador com foco na atração dos turistas nacionais e estrangeiros.